Apelido (Nick)
Senha
+ Esqueci a Senha
+ Criar meu Cadastro


Saúde e Segurança do Trabalho
Responsável e Serviços 3RBrasil
Riscos Ambientais e Acidente do Trabalho
DORT & Fisioterapia
EPI/EPC - Cálculos
Ruído Ocupacional (PCA)
PPRA/PCMSO
INSS e LTCAT
CIPA / SESMT
Vibração Ocupacional
Gestão em SMS (SA 8000 e OSHA 18001)
Aposentadoria Especial
Cabeça Artificial
Terminologias e Normativas
Cursos e Modelos
Eletricidade NR10
Call Centers / Teleatendimento
Ferramentas / Estudo de Caso
NoiseAtWork e MapAtWork
iNOISE Modelagem GSI
App NoiseAdvisor e VibAdvisor
Risco do Profissional de SSMA-RS

Destacamos o tema: Risco do Profissional de SSMA-RS / Referência [b]: Regazzi, Rogério Dias, “Resposta ao fórum”. Contratar empresas e profissionais sem uma política definida vem causando as grandes incongruências documentais, pois cada um pensa de forma diferente. Este fato é mais grave com a troca dos gestores, isto é, dos profissionais que trabalham na área de SSMA das empresas que entram querendo mudar tudo sem ao menos analisar ou conhecer todos os processos e características ambientais das empresas. Profissionais de Saúde e Segurança do Trabalho devem estabelecer pilares e premissas em consonância com a política de monitoramento e gerenciamento dos riscos existentes, levando em consideração os históricos, dentre outras comprovações ambientais. Conhecemos diversas empresas que estão perdendo as referências o os históricos dos demonstrativos ambientais por falta de investimento e troca do profissional gestor destas áreas que entram querendo mostrar serviço. Esse é o problema mais grave e estratégico hoje existente, pois há a necessidade de conhecer na prática as instalações e as políticas econômicas das empresas nos períodos regidos por Instruções Normativas, Normas, Ordens de Serviços e Leis, que, embora revogadas, valem a época, o que mostra a necessidade de conhecimento multidisciplinar das relações da área de saúde e segurança do trabalho para com CNAE da empresa, negligenciado no processo de admissão pela área de Recursos Humanos das maiorias. Medidas de controle, por exemplo, apresentam como premissa a ordem de aplicação: controle coletivo, controle administrativo e controle com o EPI. Esta ordem de aplicação das medidas de mitigação dos agentes de risco estão sendo recomendadas pelo legislador que não podem exigir e sim cobrar o porquê de tais medidas, por serem, em muitos casos, necessárias soluções de engenharia ou administrativas inviáveis. Portanto, cabe a empresa provar através de sua política de SST, características e processos, a melhor medida aplicada: por exemplo, não é recomendado fechar ou isolar acusticamente áreas de produção de hidrogênio ou acetileno e sim valorizar a ventilação natural, pois os riscos de concentração dos gases podem ocasionar acidentes de grandes proporções. Pode-se atuar com barreiras acústicas ou exigência de silenciosos pelos fornecedores que devem seguir normas NBR para não fornecerem equipamentos que emitem nível de pressão sonora acima de 90 dB(A). Contudo a melhor medida é a combinação de medidas administrativas limitando o tempo no local e o uso de equipamento de proteção individual. Aliais, o EPI nunca deve ser 100% suprimido nas áreas industriais, pois evita acidentes como o rompimento do tímpano dentre outras seqüelas devido a estouros ou despressurizarão de equipamentos ou cilindros pressurizados, normalmente encontrados em áreas de processos industriais ou manutenção, embora a dose possa ser menor que 50% para toda a jornada.


O barato que sai caro em SSMA/PPP



Outros artigos desta seção:
. PARECER LTCAT / É ÓBVIO, ELE NÃO MORREU!
. Ações (reclamatórias) trabalhistas com o advento do NTE e do FAP
. Alterações na SAT (Seguro de Acidente do Trabalho) e NTE (Nexo Técnico Epidemiológico)



Gostou do novo Portal ISegNet?
Sim, gostei. Está mais interativo!
Não gostei
Votar   |   Parcial



   Digite sua conta de email e receba
   nossos boletins informativos.
  
  

O Site
    Home
    Cadastro
    Shop
    Fórum
    Mapa do Site
    Adicionar Favoritos
Conteúdo Principal
    Segurança do Trabalho
    Metrologia
    Qualidade Industrial
    Meio Ambiente
    Saúde e Qualidade de Vida
© ISegNet
Todos os Direitos Reservados

Desenvolvimento Mundo Digital

Pág. carregada em 0.0 segundo(s)