Apelido (Nick)
Senha
+ Esqueci a Senha
+ Criar meu Cadastro


Saúde e Segurança do Trabalho
Responsável e Serviços 3RBrasil
Riscos Ambientais e Acidente do Trabalho
DORT & Fisioterapia
EPI/EPC - Cálculos
Ruído Ocupacional (PCA)
PPRA/PCMSO
INSS e LTCAT
CIPA / SESMT
Vibração Ocupacional
Gestão em SMS (SA 8000 e OSHA 18001)
Aposentadoria Especial
Cabeça Artificial
Terminologias e Normativas
Cursos e Modelos
Eletricidade NR10
Call Centers / Teleatendimento
Ferramentas / Estudo de Caso
NoiseAtWork
Estado da Técnica na questão de Medição e Análise do Ruído Ocupacional - Equipamento (SV 104) e Software (NAW)

Nesta matéria estamos dando ênfase as inovações na área ocupacional. Com destaque ao conjunto (equipamento + software) com a integração de audio-dosímetros especiais e ferramenta de modelagem acústica ocupacional (MODAO). Hoje já temos disponível no mercado o audio-dosímetro SV 104 com gravação .wav e análise de frequência em oitavas (1/1). Este equipamento junto com o software NoiseAtWork B pode ser considerdo o estado da técnica para o acompanhamento, monitoramento, estimativas confiáveis, auditoria e medições do agente ruído ocupacional seguindo as Normas IEC 61252 e ANSI 1.25-1991. Com o SV104, que não possui cabo de microfone e tem tamanho reduzido, pode-se executar com apenas um sistema de medição a avaliação da dosimetria da jornada com impressão do histórico, a medição de ruídos impulsivos a partir da detecção impulse e análise de frequência, não existente nos outros audio-dosímetos do mercado. O equipamento inclusive mede a patir de 55 dB(A), atendendo em parte a NR17. Desta forma há a possibilidade de avaliar tanto a exposição do trabalhador como a eficiência das medidas de controle, já que o mesmo mede em 1/1 oitavas, possibilitando o uso da NIOSH 01, que é o método longo com 98% de confiabilidade para a análise da eficiência do EPI empregado pela empresa. Lembrando que o NIOSH 02 (Método Curto) não é eficaz por possuir apenas 84% de confiabilidade, embora permitido pelo Legislador (NRSF). Lembramos o que é permitido não quer dizer que é eficaz, portando, se ocorrerem perdas auditivas em colaboradores que laboram em ambientes com Nível de Pressão Sonora Elevado (NPSE) nada se poderá fazer para justificar a não existência de nexo laboral, pois com o emprego do NRSF tem-se um documento formal praticamente afirmando que parte da população protegida está exposta. Na IN 78 do INSS, foi colocado a época a necessidade da neutralização pelo método NIOSH 01, a partir dos dados de medição em 1/1 de oitavas e a atenuação e o desvio padrão por oitavas disponibilizado no CA do EPI. Esta posteriormente foi modificada permitindo o método curto, não eficaz.



Em complemento a este equipamento damos destaque ao software NoiseAtWork (NAW Ver B), que permite a partir de medições pontuais a modelagem acústica ocupacional do ambiente ou da operação. Possibilitando avaliar uma série de condições contempladas ou não nas audio-dosimetrias, classificando-as como Habituais ou Esporádicas, e, avaliando a neutralização do agente com a inclusão da atenuação do EPI com o método longo da NIOSH, possibitada pelo SV 104. Esta modelagem é a tendência mundial para a questão do agente ruído. Com o NoiseAtWork a empresa possui também um eficiente método de avaliação e controle, pois esta ferramenta permite estimar a exposição assim como um audio-dosímetro, com todos os parâmetros normativos (LT, LA, q, Th, TWA, LAVG, NEN, NE). Então, com um controle do tempo de exposição em determinadas atividades pode-se provar que os limites de exposição não são atingidos o que é um controle coletivo (EPC), requerido pelo Legislador em detrimento ao EPI.



O Isegnet, através do email isegnet@gmail.com, está inscrevendo interessados em adquirir o equipamento e o software como um combo. Uma parceria para customização dos sistemas de medições para nossos usuários, uma contra-partida do site.


Estratégias, modelos e procedimentos para medição e avaliação de ruído ocupacional


NoiseAtWork e MapAtWork - Ferramentas para mapeamento, visualização e análise dos demonstrativos ambientais (MAPA DE RUÍDO OCUPACIONAL E MODELAGEM ACÚSTICA OCUPACIONAL - MODAO):


Método 3RNAW - PCA Leite&Regazzi (mapa de ruído ambiental e ocupacional)



Outros artigos desta seção:
. Método 3RNAW - PCA Leite&Regazzi (mapa de ruído ambiental e ocupacional)
. Estratégias, modelos e procedimentos para medição e avaliação de ruído ocupacional
. Ruído (PCA)



Gostou do novo Portal ISegNet?
Sim, gostei. Está mais interativo!
Não gostei
Votar   |   Parcial



   Digite sua conta de email e receba
   nossos boletins informativos.
  
  

O Site
    Home
    Cadastro
    Shop
    Fórum
    Mapa do Site
    Adicionar Favoritos
Conteúdo Principal
    Segurança do Trabalho
    Metrologia
    Qualidade Industrial
    Meio Ambiente
    Saúde e Qualidade de Vida
© ISegNet
Todos os Direitos Reservados

Desenvolvimento Mundo Digital

Pág. carregada em 0.0 segundo(s)